Mundo Alumnus

Dengue

Como é do conhecimento de todos, vários casos de Dengue estão sendo registrados na Região Nordeste de BH.

 

É um mito a crença de que a primeira infecção por dengue será sempre benigna e que qualquer infecção secundária evoluirá com gravidade. Há, sim, uma maior probabilidade de incidência da forma hemorrágica nos casos de reinfecção. Entretanto, embora pareça pouco agressiva, a doença pode evoluir para a dengue hemorrágica e a síndrome do choque da dengue, caracterizadas por sangramento e queda de pressão arterial, o que eleva o risco de morte.

 

Já solicitamos material de apoio ao Centro de Saúde Dom Joaquim para encaminhar a vocês e, como educadores, queremos compartilhar algumas dicas sobre os cuidados de prevenção que podem ser tomados em relação à doença:

 

– Para crianças de até 12 anos e gestantes, é recomendável o uso de repelente, no máximo, três vezes ao dia, preferindo aplicar ao acordar, no meio da tarde e um pouco antes de escurecer. O uso excessivo do produto é passível de intoxicação.

– A criança não deve aplicar o repelente, ficando a cargo dos adultos essa função.

– O repelente deve ser aplicado apenas nas áreas expostas ou sobre as roupas finas.

– Em caso do uso de protetor solar ou hidratante em conjunto com o repelente, aplique por último o repelente.

– Quando utilizarem o produto no rosto, evitar a aplicação perto dos olhos, mucosa do nariz e boca.

– Em crianças de até 8 anos de idade, evitar aplicar nas mãos.

– A criança deve tomar banho antes de dormir para retirar o produto da pele.

– Não aplicar o repelente em crianças menores de 6 meses de idade.

– Dê preferência para proteção física como roupas claras, calças, blusas de mangas compridas, tênis e meias.

– Lembre-se: os mosquitos gostam de picar os tornozelos, as pernas e os braços.

– Em casa, pinte as paredes de cores claras.

– Utilize telas de proteção nas portas e janelas.

– Se a criança não tiver nenhuma alergia a componentes específicos do produto, use repelentes elétricos.

– O mosquito Aedes Aegypti tem hábitos diurnos, com predileção pela picada no início da manhã e final da tarde.

– O mosquito pode ser encontrado, principalmente, em ambientes baixos como embaixo de sofás, camas e pés de cortinas.

 

SUBSTÂNCIAS LIBERADAS PELA AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (ANVISA) PARA USO NO BRASIL E EXEMPLOS DE PRODUTOS:

– ICARIDINA – Luvex Gold, Exposis Extreme ou Infantil

– DIETILTOLUAMIDA – DEET – Off Family, Repelex Kids Gel

– ETIBUTILACETILAMINOPROPIONATO EBAAP OU IR3535 – Loção Antimosquito Johnson´s Baby e Repelente Infantil Turma da Mônica.

Colégio Alumnus